Dúvidas | Atendimento: (18) 3649-7878 | Chat online | Seg a Sex das 8h às 18h e Sáb das 8h às 12h
search
Mais de 15 mil produtos em estoque
Pague com 2 cartões
Parcele em até 12x no cartão
5%
de desconto no boleto à vista
img-balao-texto Talha

Talhas são equipamentos que fazem o movimento vertical, de subida e descida, de cargas com muitos quilos ou de difícil locomoção. São usadas na construção civil, oficinas, indústria, e outras atividades, como por exemplo, içar ferramentas para a manutenção de torres eólicas. Os tipos mais comuns de talha são: manual, elétrica e pneumática. Mas qual o melhor tipo de talha? Vem conhecer mais sobre esse equipamento e descobrir o ideal para a sua atividade.

A talha, usada para erguer cargas grandes e pesadas, pode ser instalada no teto, por ganchos, ou em outros pontos fixos, como cavaletes e vigas de aço. Pode ser colocada ainda em monovia, ponte ralente, guindaste e portal móvel, ou ser associada a outras máquinas, como o carro trolley ou trole e realizar a movimentação e transporte dos objetos também na horizontal. Mas cuidado, a estrutura em que é fixada deve ser capas de suportar além do seu peso, também o da carga.
Fabricada geralmente em aço ou liga de alumínio, possui capacidade para suportar de 0,25toneladas, o mesmo que 250 quilos, à 60 toneladas, dependendo do modelo. Para escolher a melhor talha, adequada ao seu tipo de serviço, os principais pontos a serem considerados são: o tipo de acionamento, que pode ser manual, elétrico ou pneumático, a capacidade de elevação, em quilos ou toneladas, velocidade e altura de elevação e qualidade do produto.
Quais são os tipos de talha?

Talha Manual

Compostas por material de alta resistência as talhas manuais podem ter diferentes comprimentos e suportar capacidades distintas de peso, de até 60 toneladas, dependendo do modelo. É uma boa opção para uso pontual ou em locais onde não há fonte de energia próxima, sendo um dos modelos mais utilizados. As vantagens desse tipo de talha são: ser mais baratas, compactas, leves, fáceis de transportar e instalar, além de exigir pouca manutenção e possuir peças intercambiáveis. As talhas manuais podem ser ainda de dois tipos, corrente ou alavanca.
talha1
Talha manual de corrente
Para ser acionada é necessário que o operador puxe uma corrente de elos contínua para girar roldanas por onde passa a corrente de elevação com o gancho e assim mover a carga. Essas roldanas são as responsáveis pelos movimentos de subida e descida e também por diminuir o esforço para que o processo aconteça.  É o tipo mais simples de talha e um dos mais utilizados. Em geral, está disponível no mercado com altura de elevação entre 3 e 25 metros.

Talha manual de alavanca

Diferente da talha de corrente ela possui uma alavanca que substitui as rodas dentadas e faz o movimento de içamento utilizando um sistema de catraca e engrenagens. Com peso e tamanho reduzidos ela possui a vantagem de poder ser utilizada em locais de difícil acesso, em diversos ângulos, e exigir menor esforço por parte do operador para realizar a elevação da carga. Geralmente é encontrada com altura de elevação entre 1,5 metros e 7 metros.
talha2

Talha Elétrica

Motorizada ela é ideal para quem vai usar o equipamento com frequência ou precisa realizar manobras de maior precisão com cargas extremamente pesadas. Pode ter sistema para regulagem de velocidade ou contar com duas velocidades de trabalho, uma rápida e outra lenta, a velocidade lenta é usada normalmente para o posicionamento preciso da carga. Acionada por uma botoeira é muito segura e não precisa de esforço físico por parte do operador para executar a ação, reduzindo o risco de lesões e acidentes na elevação e transporte de materiais pesados. Trabalha geralmente com um sistema de embreagem, que permite a programação do torque, impedindo sobrecargas e possui também paragem de emergência. Alguns equipamentos, mais modernos, vêm equipados ainda com dispositivos de segurança que interrompem a energia automaticamente em caso de sobrecarga ou erro do sistema. Além de motor, botoeira para comando, e gancho ela possui recolhedor para corrente ou cabo de aço. O gancho é preso direto na carga, ou por correntes de elevação e cintas, podendo ser usado ainda um nivelador de carga. Esse gancho é normalmente giratório o que permite movimentar a carga em 360º.  Talhas elétricas podem ser usadas com cabo de aço, corrente ou correia, e cada uma terá uma aplicação diferente.
Talhas elétricas de correia - Geralmente são as que suportam menos peso, no entanto, reduzem o risco de contaminação e podem ser desenvolvidas com características que permitem ser mergulhadas em água fervente, ácidos e solventes sem risco ao material, sendo usadas em indústrias de alimentos e químicas, por exemplo.
Talhas elétricas de corrente - Costumam ser mais baratas e podem ser submetidas a situações mais críticas de utilização, pois possuem sistema de blindagem mais sofisticado, além de serem indicadas para locais com limitação de espaço de movimentação, por serem mais compactas.
Talhas elétricas de cabo de aço - Possuem carreteis ou tambores onde o cabo é enrolado e são indicadas para espaços amplos e fechados com pouca exposição à poeira e respingos de água.
Vantagens e desvantagens da talha elétrica
Entre as vantagens da talha elétrica está seu poder de alcançar alturas de elevação superiores às das talhas manuais e ser mais potente, há versões que suportam cargas de até 80 toneladas. No entanto, composta por um motor elétrico, ela precisa de acesso à energia para funcionar, não pode entrar em contato com água ou outros líquidos e não é projetada para operar de forma continua. Ao escolher esse equipamento você deve dimensionar corretamente o grau de utilização, que pode ir de leve à severo, para evitar sobrecarga e danos ao motor, que se escolhido de forma inadequada pode não aguentar o uso. Em alguns equipamentos é possível encontrar informação sobre os ciclos operacionais ou regimes de trabalho estabelecidos para as máquinas elétricas girantes, que segundo a norma ABNT/NBR – 17094-1/2013 é dividido em 10 categorias, denominadas de S1 a S10, cada uma com sua característica e peculiaridade em relação à duração dos períodos de atividade e repouso. O regime S3, chamado intermitente periódico, é o encontrado geralmente entre as talhas e guinchos. Nesse sistema há uma sequência de ciclos idênticos formado por um período de funcionamento com carga constante e logo em seguida por um período de repouso, desenergizado. Nas especificações dos equipamentos a informação de regime de trabalho vem acompanhada do fator de duração do ciclo, na seguinte forma: S3 20% 10min. Isso significa que a cada ciclo de operação com 10 minutos de uso com carga, o equipamento precisa descansar 40 minutos (parado) para resfriar. Ou ainda a cada ciclo de sobe/desce de 2 minutos o equipamento deve resfriar por 8 minutos.

Talha Pneumática

Alimentada por ar comprimido é silenciosa e fácil de operar. Por ter menos atrito em seu funcionamento, é ainda mais durável e exige pouca manutenção. Resistentes à poeira e humidade, é utilizada, geralmente, em operações que a talha elétrica não é indicada, como em locais sem acesso à energia elétrica, onde há o contato com água ou risco de formação de atmosfera explosiva, e para serviços contínuos com muito tempo de uso, pois os motores elétricos são dimensionados considerando um tempo para descanso para resfriar o motor. Robustas e precisas são as que suportam maior quantidade de peso entre as talhas e por isso são muito usadas em petroquímicas, refinarias, indústria automotiva e em diversas outras áreas como de armazenamento e logística. Comandada por um manete bidirecional, pode ser usada com correntes ou cabo de aço.
talha3

Critérios para escolher a melhor talha

Capacidade de elevação

Os escolher uma talha você deve dimensionar corretamente a quantidade de peso que irá erguer com o ela, pois nenhuma talha deve ser carregada acima da sua capacidade nominal.  Assim, se você não eleva mais do que 3 toneladas, compre um equipamento de 3 toneladas, e ele será suficiente. A capacidade do equipamento deve estar sempre adequada à carga a ser elevada, observe as capacidades máximas e mínimas para cada modelo. Talhas manuais, por exemplo, segundo a NBR 16324 possuem capacidade mínima de carga de 10% da capacidade nominal. Se possuir dúvidas quanto ao cálculo de cargas para a instalação de uma talha, procure por um profissional legalmente habilitado.
Velocidade e altura de elevação
Ao selecionar uma talha é preciso considerar fatores como a velocidade e altura de elevação.
De forma geral, quanto maior a capacidade e o peso da carga, menor a velocidade de içamento. Talhas manuais apresentam menor velocidade de içamento conforme aumenta o peso da carga, principalmente as de corrente que precisam da força do um ou mais operador para que o processo aconteça. Aqui é preciso considerar ainda o peso da corrente. Talhas pneumáticas são as que apresentam a melhor velocidade de elevação, que é variável.  Já as talhas elétricas podem ter velocidade simples ou dupla. Nas especificações técnicas é possível encontrar informações sobre a velocidade de elevação, que é dada em metros por minuto

Quanto à altura de elevação, geralmente, o comprimento da corrente ou cabo é o que vai definir a altura que pode ser levantado o objeto, considere tanto a altura de elevação quanto a altura útil do gancho.  Talhas elétricas alcançam alturas superiores às manuais. Mas motores elétricos podem encontrar maior resistência para realizar o içamento de materiais em grandes alturas. Nessa condição o uso de uma talha elétrica é indicado apenas para pequenas cargas, que vão exigir menor potência e capacidade. Na talha de corrente, que é contínua, o comprimento da corrente será equivalente ao dobro da altura de operação considerando a localização em equipamento está instalado.  Em linha geral, correntes são mais pesadas do que cabos, o que interfere não só na velocidade como também na potência exigida em modelos elétricos. Fique atento!

talha4
Qualidade
Fabricada com material de alta resistência a talha torna o trabalho mais fácil e seguro. Verifique se o equipamento oferece assistência técnica, peças para reposição e possui acessórios compatíveis. Busque comprar sempre produtos confeccionados com material de qualidade e de marcas com boa reputação no mercado como Lynus, Koch e CSM

Agora que você já sabe como escolher a melhor talha, ideal para o seu ramo, aproveita que na Royal Máquinas tem os melhores preços, modelos e marcas e escolha logo a sua!

Talhas

Mais comprados

por R$ 1.027,50
em até 10x de R$ 102,75 sem juros ou
R$ 976,13 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.231,90
em até 10x de R$ 123,19 sem juros ou
R$ 1.170,31 à vista no boleto ou pix
por R$ 497,50
em até 9x de R$ 55,28 sem juros ou
R$ 472,63 à vista no boleto ou pix
por R$ 571,00
em até 10x de R$ 57,10 sem juros ou
R$ 542,45 à vista no boleto ou pix
keyboard_arrow_right Talhas
Mostrando 1-12 de 52 produtos.
Itens por página
Ordenar por
 
por R$ 1.027,50
em até 10x de R$ 102,75 sem juros ou
R$ 976,13 à vista no boleto ou pix
por R$ 621,90
em até 10x de R$ 62,19 sem juros ou
R$ 590,81 à vista no boleto ou pix
por R$ 497,50
em até 9x de R$ 55,28 sem juros ou
R$ 472,63 à vista no boleto ou pix
por R$ 571,00
em até 10x de R$ 57,10 sem juros ou
R$ 542,45 à vista no boleto ou pix
por R$ 722,50
em até 10x de R$ 72,25 sem juros ou
R$ 686,38 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.078,00
em até 10x de R$ 107,80 sem juros ou
R$ 1.024,10 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.068,90
em até 10x de R$ 106,89 sem juros ou
R$ 1.015,46 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.427,00
em até 10x de R$ 142,70 sem juros ou
R$ 1.355,65 à vista no boleto ou pix
por R$ 755,50
em até 10x de R$ 75,55 sem juros ou
R$ 717,73 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.231,90
em até 10x de R$ 123,19 sem juros ou
R$ 1.170,31 à vista no boleto ou pix
Mostrando 1-12 de 52 produtos.