Dúvidas | Atendimento: (18) 3649-7878 | Chat online | Seg a Sex das 8h às 18h e Sáb das 8h às 12h
search
Mais de 15 mil produtos em estoque
Pague com 2 cartões
Parcele em até 12x no cartão
8%
de desconto para pagamentos à vista

Graxas

img-balao-texto Graxa

A graxa é um lubrificante pastoso composto ou de alta viscosidade formada pela mistura de óleo lubrificante mineral ou sintético, agente espessador e aditivos, como o corante. Serve para vedar a entrada de água, impurezas e outros contaminantes, proteger contra a corrosão e lubrificar peças de máquinas e ferramentas, reduzindo o atrito, super aquecimento e desgaste.

É usada em correntes de bicicletas, parte mecânica de carros, barcos, e diversas outras peças em casa, na indústria ou comércio. Mas você sabe quais os tipos de graxa que existem e para que serve cada uma delas? Vem que te mostro as opções disponíveis no mercado e ajudo a descobrir qual o tipo ideal para o que você precisa!
Graxa branca, graxa azul, graxa em spray, graxa grafitada, graxa náutica. São tantas as opções, mas para que serve cada uma? Vamos ver abaixo quais são os principais tipos de graxa quanto ao espessante, consistência e cor.
Classificação quanto ao espessante
As graxas, de acordo com cada substância espessante utilizada em sua fabricação, chamadas de sabão, pode ser classificada em:
Graxa a base de sódio (Na): Fibrosa, é utilizada em mancais de rodas e rolamentos. Firme e estável, possui boa aderência, poder de vedação e resistência a altas temperaturas, suportando até 150°C, porém não é resistente à água, perdendo com o tempo sua capacidade de lubrificação.
Graxa à base de Cálcio (Ca): Macia, com ótimo desempenho e estabilidade estrutural quando em uso, é menos resistente à altas temperaturas, mas mais resistente à água, quando comparada às graxas à base de sódio.

Possui baixo custo de produção e é de fácil aplicação. Muito utilizada em chassis, cabos de aço, molas de veículos pesados e bombas de água. Começa a se dissolver em temperaturas muito altas, suportando temperaturas de até 77°C. Pode ser aplicada com pistola para graxa.

Graxa com base de cálcio pode ter como aditivo o grafite, dando origem à graxa grafitada. O grafite, um lubrificante sólido, aumenta ainda mais o poder de proteção e lubrificação da graxa.
graxa1
graxa2
Graxa à base de lítio (Li): Um dos espessantes mais comuns e utilizados. É macia, bastante aderente a superfícies metálicas, resistente à água e a altas temperaturas, suporta até 150°C.

Devido a sua base metálica, que pode ser tóxica quando ingerida, não é recomendada para a indústria alimentícia, devido ao risco de contaminação. É um produto muito utilizado na indústria, na aviação e em automóveis.

Graxas à base de Alumínio (Al): Macia e filamentosa é resistente à água, mas suporta trabalhar em temperatura de no máximo 71°C. Pode ser usada em chassis e mancais de rolamento de baixa velocidade.

Graxas sintéticas: São produzidas a base de óleos sintéticos não corrosivos, como o éster, poliuréia e o silicone. Possui ampla utilização, é muito usada em robôs, satélites e aeronaves, e dependendo da sua base poder suportar temperaturas muito baixas ou elevadíssimas. 

Tipos de graxa quanto à consistência

A graxa, possui a vantagem de não escorre, até mesmo quando aplicada em posição vertical, tem melhor fixação e resistência a ação da lavagem por água, quando comparada aos lubrificantes líquidos.

De acordo com a consistência são classificadas pelo Instituto Nacional de Graxas Lubrificantes em faixas de penetração (NLGI) que vão de 000 à 6 e são divididas em: fluida, semifluida, muito fluida, macia, média, intermediaria dura, dura, muito dura e bloco

Graxas fluida, semifluida, muito fluida são indicadas para engrenagens, como de rolamentos de automóveis e equipamentos agrícolas. Já as macia, média e intermediaria dura são usadas na lubrificação de mancais de rolamento e de deslizamento. E por fim, graxas duras, muito dura e bloco são aplicadas para vedação. As graxas mais duras chegam a precisar ser cortadas com faca, devido à alta densidade que apresentam. No entanto, a graxa mais utilizada é a de classificação NLGI 2.
Dependendo da consistência, a graxa pode ter diferentes tipos de aplicação. Podem ser aplicadas utilizando uma bomba ou propulsora pneumática para graxa, o que facilita bastante o seu uso e manuseio, ou pincéis e espátulas. Tem também as que já vem em embalagem do tipo spray.
graxa3

Cor da graxa

A cor da graxa pode variar de acordo com o fabricante e os componentes utilizados em sua produção, mas não é o que determina seu desempenho e qualidade. A graxa ao natural costuma ser branca, âmbar, marrom ou preta, dependendo dos componentes utilizados em sua formula. Graxas contendo bissulfeto de molibdênio, grafite ou óleo básico asfáltico são graxas pretas ou de tons mais acinzentados.

Algumas graxas de cores claras costumam ser tingidas para se diferenciarem uma das outras ou para criar uma identidade visual relacionada à marca. Mas a cor auxilia na identificação da graxa utilizada, sendo importante quando um mesmo equipamento utiliza tipos de graxas diferentes, contribuindo para analisar se o produto aplicado é apropriado, ou quando é necessária nova aplicação.
graxa4
No mercado, a graxa azul, por exemplo, ficou conhecida como graxa para rolamentos. Ela geralmente é uma graxa à base de lítio de cor azul. Mesma base que podem ter algumas graxas brancas, chamadas de graxa náutica.

A diferença entre elas, além da cor, vai ser dada por outros aditivos que cada uma receber, e que vai fazer o produto se comportar de maneira diferente, em determinadas condições de uso, o que não é necessariamente determinado pela cor. Assim, sempre leia as especificações técnicas do produto para saber sua correta recomendação!

Afinal, qual a melhor graxa?

Ao utilizar graxas para lubrificar máquinas e equipamentos você permite que funcionem da maneira ideal, aumentando a vida útil e durabilidade deles. A graxa mais comum e utilizada é a graxa à base de lítio, mas as de alta performance tem ganhado adeptos e mercado.  Então, afinal, qual é a melhor graxa?

O que vai determinar qual o melhor tipo de graxa a ser utilizada são condições de operação e exigidas pelo equipamento. Uma boa graxa deve que atender isoladamente ou em conjunto às exigências de um equipamento, independente de quanto ela custe. O que quer dizer que a graxa mais cara não é necessariamente a melhor, vai depender do que precisa a máquina e se a graxa consegue cumprir essa função.
Uma boa graxa deve, por exemplo, conseguir manter sua consistência e estrutura durante um longo período de utilização, mantendo sua eficácia, protegendo e lubrificando os equipamentos em condições de temperatura e velocidade. Ela deve ter a capacidade de resistência a lavagem por água, no caso de barcos e equipamentos que trabalham com água. Já para equipamentos que não tem contato com água, uma graxa de menor custo e pouco resistente à água já é o suficiente.
Na indústria alimentícia ou farmacêutica, a melhor graxa deve ter entre suas características ser atóxica, sem cor e cheiro, pois eventualmente se tiver contato com o produto fabricado, não trará riscos à saúde.
Em equipamentos que apresentem risco ou dificuldade de acesso para aplicação do lubrificante, a graxa ideal e mais indicada é aquela que tenha características que demande uma menor frequência de troca.
Já outros equipamentos vão precisar de uma graxa para alta temperaturas e condições extremas que suporte temperaturas muito baixas, de -75°C, -20°C, ou muito altas, de até 1100°C.
Dessa forma, para escolher a melhor graxa você precisa considerar a finalidade de aplicação e condições em que ela será usada, como a faixa de temperatura, velocidade, deve ainda observar as característica e propriedades dela, como consistência e viscosidade, a solubilidade em água, temperatura de gotejamento, aderência, e os tipos de aditivos que ela recebe com suas funções e benefícios, como ação antioxidante, anticorrosivo, extrema pressão, antidesgaste, abaixador do ponto de fluidez e aumentador do índice de viscosidade.
Na dúvida, confira as informações técnicas do produto e prefira marcas de credibilidade como Texaco, VR LUB, Uni, karter e Stihl.
Escolher a graxa certa vai impactar diretamente na performance e vida útil dos seus equipamentos. Então aproveita que a Royal Máquinas possui grande variedade de graxas e escolha o seu produto ideal.

Mais comprados

por R$ 449,00
em até 8x de R$ 56,13 sem juros ou
R$ 413,08 à vista no boleto ou pix
por R$ 57,90
em até 1x de R$ 57,90 sem juros ou
R$ 53,27 à vista no boleto ou pix
por R$ 46,00
em até 1x de R$ 46,00 sem juros ou
R$ 42,32 à vista no boleto ou pix
por R$ 191,90
em até 3x de R$ 63,97 sem juros ou
R$ 176,55 à vista no boleto ou pix
keyboard_arrow_right Graxas
Mostrando 1-12 de 29 produtos.
Itens por página
Ordenar por
 
por R$ 449,00
em até 8x de R$ 56,13 sem juros ou
R$ 413,08 à vista no boleto ou pix
por R$ 434,00
em até 8x de R$ 54,25 sem juros ou
R$ 399,28 à vista no boleto ou pix
por R$ 261,50
em até 5x de R$ 52,30 sem juros ou
R$ 240,58 à vista no boleto ou pix
por R$ 698,00
em até 10x de R$ 69,80 sem juros ou
R$ 642,16 à vista no boleto ou pix
por R$ 258,50
em até 5x de R$ 51,70 sem juros ou
R$ 237,82 à vista no boleto ou pix
por R$ 191,90
em até 3x de R$ 63,97 sem juros ou
R$ 176,55 à vista no boleto ou pix
por R$ 27,90
em até 1x de R$ 27,90 sem juros ou
R$ 25,67 à vista no boleto ou pix
por R$ 57,90
em até 1x de R$ 57,90 sem juros ou
R$ 53,27 à vista no boleto ou pix
por R$ 25,50
em até 1x de R$ 25,50 sem juros ou
R$ 23,46 à vista no boleto ou pix
por R$ 4,70
em até 1x de R$ 4,70 sem juros ou
R$ 4,32 à vista no boleto ou pix
por R$ 18,90
em até 1x de R$ 18,90 sem juros ou
R$ 17,39 à vista no boleto ou pix
por R$ 25,90
em até 1x de R$ 25,90 sem juros ou
R$ 23,83 à vista no boleto ou pix
Mostrando 1-12 de 29 produtos.