Dúvidas | Atendimento: (18) 3649-7878 | Chat online | Seg a Sex das 8h às 18h e Sáb das 8h às 12h
search
Mais de 15 mil produtos em estoque
Pague com 2 cartões
Parcele em até 12x no cartão
8%
de desconto no boleto à vista

Bombas d’água

img-balao-texto Bomba d’água

A bomba d’água é um equipamento que serve para transferir, líquidos, geralmente água, de um local para outro. Ela pode ser usada na agricultura para auxiliar na irrigação de plantações, para retirar água de um poço artesiano, combater inundações, drenar espaços alagados e em diversas outras situações, como para o funcionamento de hidromassagens e piscinas e o abastecimento de reservatórios de água em casas, apartamentos e industrias. Para uso profissional, industrial ou doméstico, são diversos os tipos de equipamento: bombas centrifugas, autoaspirantes, periféricas, submersas e injetoras.

Mas você sabe como escolher a melhor bomba d’água ou motobomba? Vem ver algumas dicas.
Conectada à canos, a bomba d’água é responsável por pressurizar e levar grande quantidade de água, ou outro produto em estado líquido, como leite, óleo, combustível, de um lugar para outro quando a pressão ou gravidade não possibilita que esse transporte ocorra da mineira desejada. Há modelos que funcionam com impulsão por roda d’água e outros movidos por um motor à energia elétrica, gasolina ou diesel, as chamadas motobombas, que nada mais é que uma bomba d’água com motor, apesar de muitas pessoas associarem a motobomba a equipamentos apenas com motor à combustão (gasolina ou diesel). Veja os principais tipos de bomba d’água:
roda1

Bomba d’água sem motor

Esse tipo de bomba d’água trabalha em conjunto com uma roda d’agua. Existem diversos modelos que são classificados de acordo com a vazão, medida geralmente pela quantidade de litros por dia. É muito usada em propriedades rurais para bombear água de rios, lagoas e açudes para irrigar plantações, abastecimento na pecuária, avicultura, uso doméstico e em outros ramos.

Ao optar por esse modelo de bomba você deve verificar além da vazão a altura e distância máximas de bombeamento e diâmetro das tubulações de entrada (sucção) e saída (recalque).
Bomba d’água com Motor ou Motobomba
Elas podem ser movidas por um motor elétrico, à diesel ou gasolina e possuem potência e capacidades distintas. Acompanhando os avanços tecnológicos é possível encontra também bombas d’água que usem o biogás e energia solar fotovoltaica como fontes de energia, são exemplos, respectivamente,  a Motobomba BIOGÁS B4T-817 CH, da Branco e o Sistema de Bombeamento Solar P100, da Anauger.

No caso do biogás, elas já possuem sistema de filtro integrado que permite a conexão da motobomba diretamente na lona do biodigestor. Na fotovoltaica, há um módulo para geração da energia solar, que é armazenada em capacitores em um driver que converte a energia em impulsos para a bomba. Legal, não é mesmo?
bomba2
Há modelos específicos motobombas para ajudar no funcionamento de hidromassagem e piscina, fazendo a água circular, e outros para transferir água de um lugar para outro. As motobombas podem ser divididas ainda, quanto à forma de uso, em submersas e de superfície.

Bomba d’água submersa e submersível

Esses dois tipos de bombas funcionam, como o próprio nome indica, dentro da água. São ideais para retirar água de um rio, poço ou cisterna. Ela suga a água lá do fundo e transporta para um outro local ou reservatório, na superfície.

bombas3

As bombas submersas podem ser de dois tipos: vibratória, também conhecida como bomba sapo, ou centrífuga, do qual a bomba tipo caneta é outro modelo bem conhecido. Elas podem ficar durante todo o tempo de operação dentro da água, abaixo do nível da superfície, geralmente em profundidade máxima de 20 metros.

É um equipamento de alta performance e pode atingir altura de elevação de até 70 metros. Com diferentes velocidades de trabalho e capacidades de vazão, é indicada para situações que demandam um alto fluxo, como na exploração de um lençol freático ou para encher uma piscina, sendo muito usada também para retirar água de poços artesianos e cisternas.

  Silenciosas, portátil e de fácil instalação exigem pouca manutenção se instaladas de forma adequada, sendo uma boa escolha para quem quer um bom rendimento e custo benefício. Deve ser usada junto a uma boia de nível, pois se a quantidade de água não for a ideal ela pode não conseguir trabalhar da forma adequada.

Esse tipo de bomba não deve ser utilizada com líquidos de maior consistência, com sólidos em suspensão ou quando estiver à seco, ou você corre o risco de danificar o seu equipamento.

Já a bomba submersível trabalha dentro da água por um período, mas deve ser removida para secar e ser guardada, de acordo com o recomendado por cada fabricante. Ele pode ficar completamente dentro da água ou parcialmente, até uma marca de segurança.

É possível encontrar esse tipo de bomba em duas versões, uma para água limpa e outra para trabalhar com água suja, que possui a presença de partículas sólidas, sendo por isso um modelo ideal para esgotamento e drenagem de água pluvial, esgoto, valas e o gerenciamento de inundações.

Bombas de superfície
São aquelas que trabalham acima do solo, são dividas nos seguintes modelos:
bombas4

Bomba d’água autoaspirante

Para levar água de um cano da rua, que não possui pressão suficiente, para um reservatório em lugar alto, o recomendado é usar uma bomba autoaspirante, que possui alta capacidade de sucção. Além de impedir que água retorne, ela faz o bombeamento e retira gradualmente o ar da tubulação, eliminando bolhas de ar que possam atrapalhar o trabalho.

Ela transfere grande volume de água com ótima pressão e é indicada para poços e lagos com até oito metros de profundidade. Uma de suas vantagens é que ela não precisa da instalação de válvula de retenção, que impede que a água retorne para dentro do poço, pois já possui esse acessório incluso. Com ela é possível fazer o bombeamento para reservatórios de até 80 metros de altura, dependendo do modelo escolhido.

Há versões só pra água limpa e outras que aspiram água com resíduos. É usada em sistemas de circulação e pressurização, abastecimento doméstico e irrigação.
Bomba d’água periférica
Também indicada para locais com profundidade de até 8 metros é um tipo de bomba centrífuga, mas que trabalha com alta pressão e possui bom desempenho com baixo volume de água, menor vazão. Não vem acompanhada de uma válvula de retenção e precisa da instalação desse acessório.

Uma de suas vantagens é o menor investimento, já que é mais barata. É indicada para transferir água limpa de poços, rios, cisternas e outros reservatórios para uso doméstico residencial e em pequenas plantações, por exemplo.
bombas5
bombas6
Bomba d’água centrífuga
Para bombear água de baixo para cima é importante verificar se a potência da bomba está adequada para a altura em que se encontra o reservatório, pois quanto mais alto maior a dificuldade para o transporte da água. O ideal em casos como esse é a utilização de uma bomba centrífuga, pois elas conseguem levar um grande volume para reservatórios instalados em grandes alturas.

Esse modelo possibilita a transferência de alto volume de água, mas com baixa pressão. Atua em locais com até 8 metros de profundidade e precisa de uma válvula de retenção que não está inclusa. Muito utilizada para bombear líquidos no saneamento básico, em edifícios residenciais e industriais, irrigação, sistemas de combate à incêndio e em fontes e cascatas.

Bomba d’água injetora

Potente e com alta capacidade de sucção, mas de baixa vazão, ela é indicada para realizar a sucção de água que se encontram em grande profundidade, entre 20 e 40 metros. Para funcionar precisa de um tubo de sucção, para puxara água, e outro injetor instalado no final da tubulação de sucção, dentro do poço, por onde parte da água retornar para o reservatório, ejetando a água pelo tubo de sucção.

  Possui instalação rápida e barata, os custos de manutenção também são baixos, mas seu rendimento costuma ser inferior quando comparada a outros modelos de bomba. Indicadas para poços profundos em residências, chácaras e outras aplicações de pequeno porte.
bombas7
Como escolher a bomba D’água ou motobomba ideal?

Agora que você já conhece os principais tipos de bombas d’água disponíveis no mercado e suas características, veja alguns critérios que você deve considerar para dimensionar e optar pela bomba d’água certa:

Motobomba para água limpa ou suja?

Existem bombas específicas para água suja e limpa, ou que pode ser usada para os dois tipos de água.  O tipo de água a ser bombeada vai depender da espessura do filtro das bombas, que varia de acordo com cada fabricante, e deve ser escolhida considerando o tamanho das partículas em suspensão que cada equipamento pode receber sem prejudicar o seu funcionamento. As bombas para água limpa são geralmente projetadas para águas totalmente isentas de areias e outros sólidos, alguns modelos podem até permitir passagem de partículas de no máximo 5mm de espessura.

Já motobombas para água suja devem permitir a passagem, ou ser capaz de filtrar, sólidos de diferentes tamanhos. Há equipamentos que podem vir equipados com molas trituradoras para facilitar a passagem dos materiais em suspensão.

Em equipamentos que lidam com água suja você deve observar também o diâmetro da mangueira, que deve ser maior, para evitar entupimentos.  Algumas bombas não podem ser utilizadas para transferir água salgada, se essa é a sua necessidade, verifique nas especificações técnicas se o equipamento é apropriado para essa finalidade.
- Autonomia: É medida pelo número de horas em funcionamento. Nas bombas à gasolina ou diesel, isso ocorrerá em função do consumo de combustível e a capacidade do reservatório.  Esse é um dado relevante se você vai usar o equipamento em um local isolado, onde não há acesso à eletricidade ou à compra de combustível, ou ainda se vai ter que lidar com um grande volume de líquido, o que pode demandar muito tempo.

Nos modelos elétricos verifique se possui um bom desempenho hidráulico (vazão e pressão) com baixo consumo de energia elétrica e se há limites de acionamentos, para não danificar o motor. Lembrando que cada modelo de bomba terá uma autonomia e desempenho, fique atento!
- Potência: A potência ideal de uma motobomba vai depender da pressão, força da água, e vazão, quantidade de água a ser bombar ou extrair por unidade de tempo, medida geralmente em l/min ou m3/hora. É o motor quem vai determinar o fluxo de água, de acordo com a potência, sendo essencial observar as características desse componente ao escolher o seu equipamento.

A capacidade de bombeamento ou extração da motobomba precisa ser compatível com a quantidade de água que você pretende trabalhar. Se optar por um modelo elétrico, não esqueça de verificar a voltagem, e se ele é monofásico, bifásico ou trifásico. Modelos trifásicos são ideais caso precise de melhor desempenho. Já motores a combustão pode ter versões de dois ou quatro tempos. Para referência, um motor ente ¼ HP e ½ HP já é o suficiente para pequenas obras ou uso residencial.
- Pressão: Medida em Bars (B), corresponde à força da água na saída e vai depender da vazão e diâmetro da mangueira. Esse é um fator importante se a bomba for usada com equipamentos que exigem uma pressão de entrada específica, como no caso de sistema de irrigação.

Em muitos equipamentos essa informação será dada pelo fabricante em M.C.A. (metros de coluna d’água), é a pressão que a água exerce em uma determinada altura. Neste caso, um bar equivale a 10 m.c.a, e 1m.c.a equivale a 1 metro de altura, e esse valor irá variar de acordo com a diferença entre a altura de entrada e saída.
- Altura manométrica total (AMT): Medida em m.c.a, essa é uma informação importante para dimensionar a bomba d’água ideal. Considerando a vazão de água desejada, ela é o somatório da altura de recalque (medida desde a saída da bomba até a entrada no reservatório), mais a altura de sucção (altura entre a lâmina d’água até à entrada na bomba), mais as perdas com o comprimento e tipo de tubulação e conexões, que é calculado multiplicando o comprimento total da tubulação pelo percentual de perda de carga.

- Qualidade: Compre sempre produtos de marcas conhecidas no mercado, como Anauger, Schneider, Eletroplas, Rochfer, Branco, Garthen, Rayma, Ferrari, entre outras. Assim, além da certeza de adquirir um produto de qualidade você ainda tem a tranquilidade de saber que encontrará assistência técnica e peças de reposição caso precise.

Verifique o material em que são fabricadas, há máquinas em alumínio, que são leves e com boa resistência à oxidação e outras com estrutura forte, em ferro fundido, ideal se você precisa de um equipamento mais potente e durável, que geralmente é também maior e mais pesado. Equipamentos a combustão costumam ser mais potentes e ter vida útil maior que as elétricas, sendo indicadas para trabalhos profissionais ou para quem precisa fazer o uso regular e intensivo de equipamento, no entanto exigem maior manutenção e são mais caras e barulhentas.

E você já sabe, as melhores bombas d’agua e motobombas você só encontra aqui, na Royal Máquinas!

Mais comprados

por R$ 1.626,50
em até 10x de R$ 162,65 sem juros ou
R$ 1.496,38 à vista no boleto ou pix
por R$ 452,90
em até 9x de R$ 50,32 sem juros ou
R$ 416,67 à vista no boleto ou pix
por R$ 3.929,00
em até 10x de R$ 392,90 sem juros ou
R$ 3.614,68 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.123,50
em até 10x de R$ 112,35 sem juros ou
R$ 1.033,62 à vista no boleto ou pix
keyboard_arrow_right Bombas d’água
Mostrando 1-12 de 496 produtos.
Itens por página
Ordenar por
 
por R$ 255,00
em até 5x de R$ 51,00 sem juros ou
R$ 234,60 à vista no boleto ou pix
por R$ 407,00
em até 8x de R$ 50,88 sem juros ou
R$ 374,44 à vista no boleto ou pix
por R$ 407,00
em até 8x de R$ 50,88 sem juros ou
R$ 374,44 à vista no boleto ou pix
por R$ 2.643,50
em até 10x de R$ 264,35 sem juros ou
R$ 2.432,02 à vista no boleto ou pix
por R$ 1.717,50
em até 10x de R$ 171,75 sem juros ou
R$ 1.580,10 à vista no boleto ou pix
por R$ 908,50
em até 10x de R$ 90,85 sem juros ou
R$ 835,82 à vista no boleto ou pix
por R$ 740,50
em até 10x de R$ 74,05 sem juros ou
R$ 681,26 à vista no boleto ou pix
por R$ 740,50
em até 10x de R$ 74,05 sem juros ou
R$ 681,26 à vista no boleto ou pix
por R$ 336,90
em até 6x de R$ 56,15 sem juros ou
R$ 309,95 à vista no boleto ou pix
por R$ 2.015,50
em até 10x de R$ 201,55 sem juros ou
R$ 1.854,26 à vista no boleto ou pix
por R$ 2.606,90
em até 10x de R$ 260,69 sem juros ou
R$ 2.398,35 à vista no boleto ou pix
por R$ 215,90
em até 4x de R$ 53,98 sem juros ou
R$ 198,63 à vista no boleto ou pix
Mostrando 1-12 de 496 produtos.